quarta-feira, 21 de maio de 2008

A queda para a escrita

Quero aproveitar esta minha veia que hoje me estimula a escrever. É difícil colocar um ponto final quando algo mais alto se levanta. A minha vontade de desabafar e a sentir-me bem ao reler o que escrevo. Há quem tenha o dom de falar, eu não tenho, mas tenho uma leve queda para a escrita. Quando escrevo, estruturo o pensamento, penso duas vezes, ao contrário de quando falo digo logo tudo o que me vem à cabeça, sem olhar a meios e depois os fins só podem ser desastrosos. Tenho de controlar esta minha tendência, como também a falta de sentido de oportunidade de me calar. Tenho uma tendência de adivinhar os que as pessoas vão dizer e atropelo-as no meio do discurso.

2 comentários:

sleeping beauty disse...

Sara, parabéns pelo teu blog
Não tens dificuldade em comunicar o que te vai na alma.
Continua que assim expandes para todos, e crias empatia com outras almas.
Beijinhos
Graça

Salpicos disse...

É optimo criar empatias, significa que a nossa mensagem chegou ao destino...:-)